Home » Destaque, Notícias » Lotes usados em ressonância que mataram três são barrados em SP

Após as mortes das três pessoas que foram submetidas a um exame de ressonância magnética no cérebro no Hospital Vera Cruz, em Campinas, na noite de segunda-feira (28), a Vigilância Sanitária Estadual interditou cautelarmente em todo o Estado os lotes dos produtos utilizados pelos pacientes no procedimento.

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde ressaltou “que cabe à Vigilância Sanitária Municipal fazer a investigação dos fatos. No entanto, como foi solicitado pelo município, a Vigilância Sanitária Estadual enviou uma equipe da farmacovigilância e de radiação ionizante para auxiliar os trabalhos. As inspeções devem continuar nos próximos dias”. A medida cautelar de suspender o uso dos lotes começa a valer a partir de publicação no Diário Oficial, marcada para hoje. Os produtos interditados são: Magnevistan, solução injetável, Lote 11568D, com validade: 03/2015, registro MS 1.7056.0065; Dotarem, solução injetável, Lote 12GD324C, com validade: 10/2015; fabricado por Guerbet Produtos Radiológicos,com registro MS 1.4980.0016; Soro Fisiológico (NaCl) 250ml, Lote 252731, com validade:08/2014; Soro Fisiológico 500ml, Lote 249031, com validade:08/2014; Soro Fisiológico 250ml, Lote 245825, com validade:07/2014; Soro Samtec 10ml, Lote SOG, validade: 02/2014;Lote SSN validade 05/2014; Soro Equipex 10ml, Lote 1230970, validade: 07/2014.

Os laboratórios Bayer e Eurofarma, fabricantes da maioria dos produtos, informaram que aguardam notificação oficial para se manifestar. Em nota, a Bayer ressaltou que “ainda não existem informações suficientes para que seja feita qualquer análise dos fatos que envolveram os três pacientes da clínica citada. A Bayer está disposta a colaborar com as autoridades responsáveis pelas investigações, caso seja solicitada a prestar quaisquer esclarecimentos”. A assessoria da Eurofarma informou por telefone que após notificação também ajudará no que for preciso.

Com informações da RAC

próximos

Deixe uma resposta

© 2013 SINDIMED