Home » Destaque, Notícias » Médicos vão paralisar atividades nos dias 30 e 31 de julho

saudeA assembleia de médicos realizada na última terça-feira, 23/07, na sede do SINDIMED (Sindicato dos Médicos de Campinas e Região) deliberou pela paralisação das atividades nos dias 30 e 31 de Julho, seguindo o calendário nacional construído pelas entidades médicas.

O objetivo é chamar a atenção da opinião pública e dos governos para o projeto “Mais Médicos” que está selecionando médicos estrangeiros para atender regiões remotas do Brasil, sem necessidade de fazer o revalida.

O jurídico do Sindimed alertou para a necessidade de manutenção do trabalho nas unidades de urgência e emergência, nas porcentagens determinadas pelo Ministério do Trabalho. Ficou definida uma comissão de médicos para organização das paralisações.

Um ato público marcado para o dia 08 de agosto reforçará uma mobilização nacional em torno do ENEM (Encontro Nacional de Entidades Médicas), que ocorre em Brasília.

Para o presidente do Sindimed, Casemiro Reis Junior, é importante ter uma pauta propositiva: “a destinação de 10% do Orçamento da União para a saúde e um plano de cargos e carreira estadual para os médicos, por exemplo, são reivindicações concretas e que contribuem para o fortalecimento do SUS” conclui Casemiro.

Calendário de mobilizações
Dia 30/07 – ato público às 11h, com concentração em frente a SMCC (Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas),
Dia 31/07 – os médicos deverão fazer uma manifestação com conscientização e atendimento no centro da cidade
Dia 08/08 – Ato Público.

Deixe uma resposta

© 2013 SINDIMED