Home » Notícias » “Estamos diante de uma verdadeira Lava Jato Campineira”

Nota Oficial
Os crimes e a violência cometida contra o povo de Campinas, e em particular contra os profissionais e usuários do CHOV, não podem ficar impunes.
Não é possível que autoridades do alto escalão da administração municipal não soubessem do grau e da gravidade dos fatos e mesmo assim não tomaram nenhuma providência mínima de investigação e correção dos graves desvios acorrido, às custas do sofrimento de pessoas vulneráveis e de profissionais sérios e cumpridores dos seus deveres.  Pelo contrário, o Sr Jonas Donizete, mais uma vez, não perdeu a oportunidade de demostrar seu desprezo e desrespeito para com a categoria médica quando chamou nossa recente e legítima greve de abusiva.
A pressa com que a prefeitura tenta impor aos fatos, como se estivéssemos frente a um simples problema administrativo, reforça a postura dessa administração de sempre tentar se desresponsabilizar de suas obrigações.
O que está ocorrendo em Campinas é uma crise de proporções gigantescas que não podem ser minimizadas. Estamos diante de uma verdadeira Lava Jato Campineira e as autoridades devem explicações ao povo e à justiça. Uma CPI na Câmara Municipal não é apenas uma necessidade, mas uma obrigação do poder legislativo que precisa parar de ser subserviente com esse executivo, sob pena de se tornar cúmplice desses desmandos todos.
Casemiro Reis
Presidente do Sindimed Campinas

© 2017 SINDIMED